APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios

Boletins


Resultados encontrados: 50

Cultura da Batata

APTA Regional
bibpubli@esalq.usp.br

Detalhes

Cultura da Batata Série Produtor Rural – nº 18 - 2ª Edição -Piracicaba 2010 Autores: Silvio Tavares,Paulo R. C. Castro,Paulo C. T. de Melo, Simone C. Mello. O livro traz informações referentes ao cultivo da batata, tais como origem e distribuição geográfica; classificação botânica, anatomia e morfologia; cultivares; época de plantio; germinação e propagação vegetativa; desenvolvimento da cultura; zoneamento agroclimático e adaptações ao meio ambiente; estratégias para altas produções; efeitos de reguladores vegetais; pragas e doenças; distúrbios fisiológicos e manejo da cultura. Os exemplares podem ser adquiridos na Biblioteca ou por envio postal. INFORMAÇÕES Divisão de Biblioteca e Documentação Telefone: (19) 3429-4140 E-mail: bibpubli@esalq.usp.br www.esalq.usp.br/biblioteca

Manual Técnico ALTERNATIVAS DE USO DA AMOREIRA

APTA Regional
updmarilia@apta.sp.gov.br

Detalhes

Acaba de ser lançado o manual técnico “Alternativas de Uso da Amoreira (Morus spp)”, elaborado por pesquisadores da APTA Regional, vinculada à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. A amoreira - tradicionalmente cultivada em escala comercial para alimentação das lagartas do bicho-da-seda (Bombyx mori L.) -, além da importância na sericicultura, pode ser utilizada na criação de outros animais, na medicina alternativa, na fruticultura (rica em compostos fenólicos), na arborização de ruas e praças e em áreas de reflorestamento. O manual técnico - destinado a produtores, técnicos, professores, estudantes e outros interessados - discorre sobre os principais usos da amoreira. Segundo os historiadores, citados pelos autores, o cultivo teve início na China há aproximadamente 6.000 anos. Atualmente, estudos científicos vêm sendo realizados com o objetivo de desenvolvimento de tecnologias para aproveitamento diverso da planta (folhas, ramos e frutos) tendo em vista a facilidade de propagação, adaptação, precocidade, rusticidade e produtividade. Autor: Fumiko Okamoto, Anelisa de Aquino Vidal, Adriana Novais Martins e Fernanda de Paiva Badiz Furlaneto


Manual Técnico DGE, N.01

DGE - Departamento de Gestão Estratégica

Detalhes

Manual Técnico DGE, 01 ( ISSN - 1982-9906) Assunto: Propriedade Intelectual Proteção de Cultivares Autores : Juliana Rolim Salomé Teramoto e Juliana Valle Teixeira.

Cultura do girassol

IAC - Instituto Agronômico
vendas@iac.sp.gov.br

Detalhes

Tem por objetivo esclarecer as principais dúvidas a respeito do cultivo e da utilização dessa planta para as mais diferentes finalidades.


Boletim 100 versão eletrônica

IAC - Instituto Agronômico
vendas@iac.sp.gov.br

Detalhes

Sistema informatizado de recomendações de adubação e calagem para o estado de São Paulo A versão eletrônica vem acompanhada da versão impressa do BT100

Boletim Técnico 100

IAC - Instituto Agronômico
vendas@iac.sp.gov.br

Detalhes

Apresenta informações para a prática da calagem e da adubação de culturas para o Estado de São Paulo, também válidas e aplicáveis a outras regiões com condições edafoclimáticas semelhantes.


Fertirrigação em hortaliças

IAC - Instituto Agronômico
vendas@iac.sp.gov.br

Detalhes

Apresenta informações práticas sobre as características dos equipamentos e dos adubos utilizados na fertirrigação de hortaliças. São realizadas recomendações de quantidade de nutrientes aplicados em fertirrigação para alface, tomate, pimentão, pepino, morango e melão, no Brasil e em outros Países.

<<Clique para baixar a versão eletrônica site IAC>>

Manual técnico: Hortaliças e plantas medicinais

IAC - Instituto Agronômico
vendas@iac.sp.gov.br

Detalhes

O manual técnico apresenta informações práticas, como valor nutricional e medicinal, principais variedades, época de plantio, semeadura e espaçamento, calagem e adubação, irrigação, controle de pragas e doenças. As recomendações são direcionadas à exploração de hortas em pequenas áreas (de 1 a 10.000 m2), onde é possível o manejo convencional, sustentável e orgânico. Destacam-se ainda as instruções sobre rotação de hortaliças e controle alternativo de algumas pragas e doenças.


Fertilizantes: Calculo de Formulas Comerciais

IAC - Instituto Agronômico
rafael@fundag.br
venda@iac.sp.gov.br

Detalhes

O livro trata -se dos cálculos necessários para a elaboração de formulas comerciais de fertilizantes. São, também, apresentados os principais critérios para a escolha dos fertilizantes simples que compõe as fórmulas: custos dos fertilizantes; compatibilidade; teores de nutrientes; higroscopicidade; pH; granulometria; composição quimica; solubilidade; indice salino; indice de acidez; indice de alcalinidade e condutividade elérica. Para adquirí-lo :
e-mail : rafael@fundag.br com nome e endereço completo, o livro tem um custo de R$ 15,00 + frete. ou e-mail: venda@iac.sp.gov.br

Beterraba: do Plantio à Comercialização

IAC - Instituto Agronômico
updsaoroque@apta.sp.gov.br

Detalhes

Com o objetivo de orientar engenheiros agrônomos, produtores e estudantes no cultivo da beterraba (Beta vulgaris L.), são apresentados os principais aspectos sobre a cultura, tais como: importância econômica; classificação e características botânicas; cultivares; condições edafoclimáticas; calagem; nutrição mineral e adubação; condução da cultura; colheita e classificação comercial; corantes; custo de produção e receitas práticas com beterraba.

Clique para Baixar


Relatos de Ocorrência de Animais Silvestres e de Danos Causados em Culturas de Interesse Comercial no Estado de São Paulo

IAC - Instituto Agronômico

Detalhes

Este trabalho é um levantamento de alguns relatos mais recentes sobre a ocorrência de determinados animais silvestres, como a capivara (Hydrochoerus hydrochoeris), javali (Sus scroffa), lebre-européia ou lebrão (Lepus europaeus), maritaca (Aratinga leucophthalma) e pomba-amargosa (Zenaida auriculata), em algumas regiões no Estado de São Paulo, causando prejuízos e inviabilizando a produção em lavouras de cereais, frutíferas, hortaliças e de leguminosas adubos-verdes particularmente nos últimos cinco anos. Na área rural, essa ocorrência tem sido crescente e bastante preocupante porque a produção quantitativa e qualitativa das culturas está sendo prejudicada, com consequentes e óbvios prejuízos econômicos ao produtor. Muitos desses animais não pertencem à fauna brasileira, mas são protegidos por Lei Ambiental e sua caça é proibida. Alguns métodos alternativos de controle, como a prevenção do acesso dessa fauna-problema à área cultivada pela utilização de cercas com telas ou elétricas, de eficácia variável e custo bastante elevado, muitas vezes é inviável para o produtor. Falta mais conscientização do produtor em assuntos de proteção ambiental, bem como seu comprometimento efetivo na conservação dos recursos naturais na propriedade, para manutenção dos habitats da fauna silvestre. O Departamento de Fauna da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo se interessa pelo assunto e comprometeu-se a estudar o assunto para manejo desses animais, particularmente do javali.

Clique para Baixar

Boletim 200 - 7.ª edição revisada e atualizada - Instruções agrícolas para as principais culturas econômicas

IAC - Instituto Agronômico

Detalhes

7.ª edição revisada e atualizada Instruções agrícolas para as principais culturas econômicas Boletim 200 Autores: Adriano Tosoni da Eira Aguiar e outros, 2014, 452 páginas. Apresenta recomendações técnicas para o cultivo de 114 culturas nas condições edafoclimáticas do Estado de São Paulo. São abordados vários itens em cada cultura, destacando-se: cultivares, época de plantio, técnica de plantio, calagem, adubação, tratos culturais, controle de pragas e doenças, colheita e produtividade. Acesse link para baixar


Anais da Reunião Itinerante de Fitossanidade do Instituto Biológico

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Boletim que aborda problemas fitossanitários que afetam as culturas de importância econômica nas diferentes regiões do Estado de São Paulo. Dirigida a técnicos de instituições de pesquisa, profissionais da área agrícola e produtores rurais. A publicação está disponível na íntegra em versão eletrônica (formato pdf) no site abaixo.

Lista Comentada sobre Vírus em Ornamentais

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Coordenada pelas pesquisadoras do Laboratório de Fitovirologia e Fisiopatologia Maria Amélia V. Alexandre, Eliana B. Rivas, Lígia M.L. Duarte e pela estagiária, Andressa R.P. Tozetto, essa publicação traz uma lista comentada sobre a ocorrência natural de vírus em plantas ornamentais, incluindo a relação de diversos gêneros e espécies de vírus detectados, os sintomas induzidos e as referência bibliográficas.


Aspectos Fitossanitários das Orquídeas

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov.br

Detalhes

Aspectos Fitossanitários das Orquídeas Autor(es): Maria Amélia Vaz Alexandre, Lígia Maria Lembro Duarte (Coordenadoras) Embora haja publicações que reforcem aspectos de cultivo, existe uma carência quanto a informações dos problemas fitossanitários, que podem inviablilizar a produção de orquídeas. Assim sendo, o Grupo de Pesquisa em Ornamentais do Instituto Biológico (GOIB) publicou o Boletim Técnico "Aspectos Fitossanitários das Orquídeas" em 1998. Como esta edição já está esgotada e a procura vem aumentando o GOIB atualizou as informações sobre os sintomas causados pelas principais pragas, doenças fúngicas, bacterianas, viróticas e nematoides, bem como as medidas de manejo e controle e está lançando a 2ª edição. ISSN 1413-2400 R$20,00 Informações: negocios@biologico.sp.gov.br Fone: (11) 5087-1739 Telefax: (11) 5572-8849

Boletim Técnico: Clorose Variegada dos Citros: etilogia e manejo

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim visa informar e dar orientações sobre clorose variegada dos citros (CVC), abordando aspectos relativos à sua importância, etilogia e sintomalogia. São apresentadas considerações a respeito das dificuldades de controle, preconizando algumas condutas para o manejo da cultura a fim de minimizar o impacto da doença.


Boletim Técnico:Formigas Cortadeiras

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim aborda dados sobre a biologia, morfologia, comportamento, taxonomia e hábitos alimentares de saúvas e quenquéns, apresentando ainda, algumas informações sobre barreiras e dspositivos anti-formigas, além de controle químico.

Boletim Técnico:Formigas Urbanas

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim resulta da alta demanda de consultas feitas à Seção de Entomologia Geral do Instituto Biológico sobre formigas urbanas na cidade de São Paulo. Aborda a importância, morfologia, identificação e aspectos biológicos desses insetos. Inclui também considerações a respeito da dificuldade do controle, foferecendo métodos alternativos.


Boletim Técnico:Leprose do Citros

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Constatada, em fins do século passado na Flórida, a leprose dos citros ocorre hoje em vários países, principalmente no continente americano. Este boletim aborda informações sobre a doença que se tornou muito grave no Brasil e Argentina, bem como aspectos econômicos, sintomalogia, epidemologia, etilogia, transmissão e controle.

Boletim Técnico:Aspectos fitossanitários do crisântemo

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

No setor de floricultura, o crisântemo representa um dos principais produtos de comercialização no Estado de São Paulo. Devido à demanda de consultas referentes aos aspectos fitossanitários dessa cultura, pesquisadores do Instituto Biológico elaboraram este Boletim, abordando as principais pragas e doenças, por meio da descrição dos agentes causais, sintomalogia e medidas de controle.


Boletim Técnico:Métodos de prevenção, controle e tratamento da mastite bovina

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim expõe de forma simples, atual e abrangente a mastite bovina. Aborda a etilogia epidemiologia, patogenia, uso recional do laboratório, testes de diagnósticos, medidas terapêuticas e profiláticas para o controle da mastite ambiental e contagiosa. Apresenta um plano de trabalho para veterinários, zootecnistas e produtores, a ser executado em propriedades rurais, visando o controle da doença.

Boletim Técnico:Fungos Toxigênicos e Micotoxinas

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

As micotoxinas compreendem um conjunto complexo de substâncias tóxicas, produzidas por fungos, que causam graves problemas à saúde humana e animal. O desenvolvimento de fungos toxigênicos e a produção de micotoxinas são dependentes de vários fatores dos quais a temperatura, a umidade e o tipo de substrato são os mais importantes. O efeito agudo mais frequente é o colapso das funções hépaticas e renais. Entretanto, algumas micotoxinas são tóxicas para o sistema nervoso, produzem lesões necróticas na pele e câncer. Os três grandes grupos de micotoxinas e fungos produtores são classificados da seguinte forma:(1) Fusariotoxinas, produzidas pelo gênero Fusarium, tendo como principais representantes, zearalenona, tricotecenos e fumonisinas; (2) Aflatoxinas, produzidas por Aspergillus flavus e A. parasiticus; (3) Ocratoxinas, produzidas pelo Aspergillus alutaceus (A. ochraceus) e algumas espécies do gênero Penicillium. Vários métodos analíticos podem ser utilizados para detecção e quantificação das micotoxinas, destacando-se os métodos cromatográficos e imunoensaios. Apesar dos grandes esforços e recursos aplicados na procura de métodos eficazes nos controle dos fungos produtores de micotoxinas, a prevensão, através de práticas agrícolas adequadas, ainda é a melhor maneira de se combater a problemática das micotoxicoses.


Boletim Técnico : Aspectos Fitossanitários da Roseira

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

As espécies do gênero Rosa são propagadas vegetativamente, facilitando a disseminação de parasitas e patógenos. Com base principalmente na descrição e sintomas, foram relacionadas as principais pragas (insetos, ácaros e nematóides) e doenças (fungos, bactérias e vírus) que ocorrem na cultura, bem como as medidas de controle recomendadas. O Boletim aborda: Pragas (inimigos naturais e controle químico; Nematóides parasitos (nematóide de galhas e lesões radiculares); Doenças fúngicas e controle (fungicidas registrados para a cultura da roseira); Doenças bacterianas (sintomatologia e diagnose e medidas de controle); Doenças virais (medidas de controle).

Boletim Técnico: Aspectos Fitossanitários do Maracujazeiro

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Neste boletim são descritas as doenças fúngicas, bacterianas, vírus e fitoplasmas, nematóides e pragas, bem como as várias formas de aproveitamento do maracujazeiro.


Boletim Técnico:Controle Biológico de Insetos e Ácaros

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim possui diversas informações práticas sobre o uso de parasitóides e predadores no controle de pragas agrícolas, principalmente os programas em uso no Brasil, a aplicação de ácaros predadores no manejo integrado de ácaros em flores, morangos e hortaliças e o uso de bactérias, vírus, fungos e nematóides entomopatogênicos para o controle das principais culturas do agronegócio brasileiro.

Boletim Técnico:Controle Biológico da Cigarrinha-da-Raiz da Cana-de-Açucar com o fungo Metarhizium anisopliae

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

O objetivo desse boletim é trazer para o público do setor canavieiro, agrônomos, técnicos, agricultores, estudantes e interessados no assunto, o programa de controle biológico da cigarrinha-da-raiz da cana com o fungo Metarhizium anisopliae, apresentando toda a técnica de manejo, inclusive aspectos sobre a produção do bioinseticida.


Boletim Técnico: Pragas dos Grãos e Produtos Armazenados

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim foi criado para elucidar as principais dúvidas sobre as pragas encontradas em grãos e produtos armazenados. Possui textos claros e fotos esclarecedoras sobre as principais pragas (insetos, roedores, etc.) em milho, trigo, arroz, feijão, dentre outros grãos e produtos armazenados. Aborda em seu conteúdo a descrição das pragas, dados biológicos, resistência das pragas aos inseticidas, metodologias de controle e tabelas com a relação dos principais produtos utilizados, assim como dosagens e formas de aplicação. Uma publicação de grande utilidade tanto para o profissional, quanto para a população em geral.

Boletim Técnico: Cupins Pragas em áreas urbanas

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este boletim visa fornecer subsídios básicos sobre a bioecologia, sistemática e metodologias de controle das principais espécies de cupins pragas em áreas urbanas, incluindo informações sobre os cupins de madeira seca, subterrâneos (em edificações, gramados, arborização urbana) e de montículos. Apresenta ainda um capítulo sobre as principais dúvidas sobre o assunto e dicas para a contratação de serviços de controle de pragas. Uma publicação de grande utilidade para profissionais controladores de pragas, professores, estudantes e interessados em geral.


Manual Ilustrado de Pragas Urbanas e outros animais sinantrópicos

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

O objetivo deste Manual é fornecer ao leitor conhecimentos básicos sobre biologia, importância econômica e epidemiológica e facilitar a identificação das principais pragas do ambiente urbano.Possui textos objetivos e mais de 200 fotos coloridas sobre as principais pragas urbanas. Aborda em seu conteúdo a descrição das pragas, dados biológicos e importância. Uma publicação de grande utilidade tanto para o profissional, quanto para a população em geral.

Boletim Técnico sobre Controle Químico do Carrapato do Boi

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Ilustrado com 17 fotos coloridas em 18 páginas, a publicação apresenta aos criadores informações a respeito do ciclo do carrapato Boophilus microplus, produtos químicos utilizados como carrapaticidas, bem como o conhecimento e uso de bioensaios para ajudar no seu controle.


DVD Pragas Urbanas: Conhecer antes de controlar

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Este DVD, mostra a importância do conhecimento sobre as pragas urbanas, como uma ferramenta para sua detecção e prevenção, através de um filme com linguagem simples, mas bastante ilustrativo, pretende-se despertar nas pessoas a curiosidade, a busca do conhecimento e assim ajuda-las a controlar esses indesejáveis inquilinos.

Boletim Técnico Manejo de Pragas de Pastagens

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Neste boletim são abordadas técnicas de identificação, bioecologia, monitoramento e controle da cigarrinha das pastagens, cochonilha dos capins, cupins das pastagens, formigas cortadeiras, lagarta das pastagens, gafanhotos e besouros.


Boletim Técnico: Aspectos Fitopatológicos de Plantas Ornamentais - Flores I - 1. Amarílis, 2. Begônia, 3. Gérbera, 4. Impatiens e 5. Lisianto

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

A publicação apresenta 39 fotos coloridas dispostas em 73 páginas que trazem informações sobre doenças viróticas, fúngicas e bacterianas e seus respectivos controles. Informa ainda sobre a identificação de sintomas causados por nematóides e como preveni-los.

Cupins em Áreas Agrícolas

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

A cana-de-açúcar, pastagens, eucalipto, citros, pupunha, arroz e milho são culturas importantes que são constantemente atacadas por cupins. O controle dessa praga tem sido feito com o uso de inseticidas químicos convencionais, de alto poder residual, os quais funcionam como barreira química, não respeitando os aspectos de biologia e comportamento social do cupim. Esse tipo de controle não é ecológico, sendo também extremamente poluente, responsável por desequilíbrios biológicos e pela contaminação da água, solo e alimentos. Desse modo, o objetivo deste boletim é informar e orientar os produtores rurais quanto ao controle de cupins nas áreas agrícolas, visando minimizar custos de controle e utilizar técnicas mais eficientes e ecológicas.

Autores: José Eduardo Marcondes de Almeida e Antonio Batista Filho
ISSN 1413-2400


Boletim Tecnico: Sanidade na Ovinocultura

IB - Instituto Biológico
fundag@fundag.br

Detalhes

O crescimento da ovinocultura de corte e sua expansão para outras regiões produtoras têm sido impulsionados pelo elevado potencial do mercado consumidor de grandes centros urbanos. Durante a realização de projetos de pesquisa com ovinos, sentimos a necessidade de oferecer uma publicação voltada ao produtor contendo informações técnicas sobre as enfermidades mais relevantes em uma criação. Verificamos a escassez de publicações sobre o assunto de sanidade animal e procuramos preencher esta lacuna, oferecendo informações que irão proporcionar bases para orientar decisões quanto à difusão ou implementação de tecnologias. Esse livro traz uma descrição das principais doenças que ocorrem na ovinocultura , bem como métodos de controle e possíveis tratamentos. Informações: rafael@fundag.br fundag@fundag.br www.fundag.br 55+19-32338035

Boletim Técnico: Aspectos Fitopatológicos de Plantas Ornamentais

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov

Detalhes

Aspectos Fitopatológicos de Plantas Ornamentais - Flores II - 1. Azaleia, 2. Calancôe, 3. Gerânio, 4. Petúnia e 5. Violeta Autor(es): Maria Amélia Vaz Alexandre, Lígia Maria Lembro Duarte (Coordenadoras) - ISSN 1413-2400 A publicação apresenta 43 fotos coloridas dispostas em 75 páginas onde são descritas as principais doenças que ocorrem, no Brasil, em azaléia, calancôe, gerânio, petúnia e violeta, com destaque na descrição dos sintomas causados por vírus, fungos, bactérias e nematoides, além das medidas de controle.


Aspectos Fitossanitários do Tomateiro

IB - Instituto Biológico
negocios@biologico.sp.gov.br

Detalhes

Aspectos Fitossanitários do Tomateiro Coordenadores: Addolorata Colariccio e Jesus G. Tofoli ISSN 1413-2400 O tomateiro representa uma das mais expressivas culturas no cenário agrícola mundial, constituindo importante produto para o comércio "in natura" e indústria de molhos e extratos. Rico em licopeno, quantidades consideráveis de vitaminas A, C, e complexo B, sais minerais e baixa caloria são características que tornam o tomate um alimento reconhecido por suas propriedades antioxidantes e anticancerígenas. Este Boletim tem o objetivo de descrever as principais pragas, doenças e plantas daninhas que afetam a cultura do tomateiro, bem como destacar as respectivas medidas de controle.

Informações: negocios@biologico.sp.gov.br Fone: (11) 5087-1739 Telefax: (11) 5572-8849

Série Informações Estatísticas da Agricultura

IEA - Instituto de Economia Agrícola

Detalhes

Anuário que divulga estatísticas de produção vegetal e animal, preços, mercado de trabalho e outras de interesse da agricultura geradas pelo IEA. Engloba séries de periodicidade diária, mensal, semestral e anual para o Estado de São Paulo, para Regiões Administrativas (RA) e Escritórios de Desenvolvimento Rural (EDR).


Sistema IEA - Sistema de importações e exportações dos agronegócios: conceituação e síntese dos resultados, 1997-2001

IEA - Instituto de Economia Agrícola

Detalhes

A publicação apresenta o Sistema de Importações e Exportações dos Agronegócios, estruturado e implantado com o objetivo geral de viabilizar a divulgação regular de estatísticas de importação e exportação de mercadorias do agronegócio, no âmbito do Brasil e, em particular, do Estado de São Paulo. Os objetivos específicos foram elaborar uma classificação que atenda as necessidades dos agentes dos agronegócios, discriminando as principais cadeias de produção e agregados de valor; enquadrar as mercadorias relacionadas aos agronegócios na classificação proposta; desenvolver um método de agregação de mercadorias capaz de representar convenientemente as evoluções de preços e quantidades; desenvolver rotinas computacionais no SAS que permitam a obtenção desses dados rapidamente; e utilizar os agregados de mercadorias para analisar a evolução das exportações, importações e saldos dos produtos dos agronegócios, para o período 1997-2001. A publicação está disponível na íntegra em versão eletrônica (formato pdf) neste site.

Procedimentos para Certificação Sanitária de Exportações

IEA - Instituto de Economia Agrícola

Detalhes

A publicação foi elaborada, por meio de parceria entre Faesp-Senar, Sebrae-SP, Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Ministério da Agricultura e Fiesp, com o objetivo de orientar os produtores e empresários a exportar. Nesse sentido, fornece subsídios quanto aos procedimentos necessários para a adequação a exigências sanitárias, identificando as instituições e entidades responsáveis pelo processo. A elaboração do Manual contou ainda com o apoio dos participantes do Programa SPEx da Fiesp. O trabalho apresenta as etapas que produtores e empresários necessitam cumprir para que as questões de ordem sanitária não se tornem mais um empecilho às exportações. A publicação está disponível na íntegra em versão eletrônica neste site.


Série Relatórios Técnicos n. 20 - Produção Pesqueira Marinha do Estado de São Paulo no ano 2004

IP - Instituto de Pesca

Detalhes

Apresenta informações da produção pesqueira marinha do Estado de São Paulo no ano 2004, com dados coletados e processados através do sistema gerenciador de banco de dados: ProPesq (ftp://ftp.sp.gov.br/ftppesca/propesq.pdf), desen-volvido pelo Instituto de Pesca.

Série Relatórios Técnicos n. 21 - Situação Atual da Cadeia Produtiva do Pescado no Litoral do Estado

IP - Instituto de Pesca

Detalhes

Esta publicação apresenta informações de 1960 a 2000 sobre a situação da cadeia produtiva do pescado abordando temas como: pesca extrativa, pesca esportiva oceânica, aqüicultura e legislação.


Série Relatórios Técnicos n. 22 - Levantamento da Pesca Continental Profissional no Estado de São Paulo, em 2002. Dados preliminares: Bacias dos Rios Paranapanema, Paraná e Grande

IP - Instituto de Pesca

Detalhes

Contribuição para o conhecimento dos estoques pesqueiros de águas continentais, apresentando dados sobre a ictiofauna das Bacias dos Rios Paranapanema, Paraná e Grande, obtidos junto a pescadores profissionais, no ano 2002.

Boletim Técnico n. 32 -Programa Revitalização do Museu de Pesca e Museu e Educação Ambiental, com base na experiência do Museu de Pesca

IP - Instituto de Pesca

Detalhes

Tem o objetivo de oferecer uma visão ampla e adequada do potencial da Instituição na transferência de conhecimentos sobre o ambiente aquático (suas características e recursos), utilizando o Museu de Pesca como instrumento, visando demonstrar, através da evidência museográfica, resultados obtidos pela pesquisa desse ambiente; despertar o interesse da comunidade pelo presente e futuro dos oceanos e dos corpos hídricos continentais; despertar, descobrir ou criar e estimular mentalidades voltadas à preservação e utilização adequada dos recursos naturais (Educação Ambiental).


Boletim Técnico n. 33 - Introdução à Ranicultura

IP - Instituto de Pesca

Detalhes

Trata-se de um resumo dos dados obtidos através dos artigos científicos publicados pelo Boletim do Instituto de Pesca e das informações coletadas no campo junto aos ranicultores. Sua fundamentação é, portanto, científica ou fruto da convivência com profissionais do ramo, e tem o objetivo de fornecer aos interessados as noções básicas para implantação de ranários comerciais.

Boletim Técnico IZ 49 - Silos e Silagem

IZ - Instuto de Zootecnia

Detalhes

O Boletim Técnico: Silos e Silagens, foi elaborado para dar suporte ao produtor rural nos aspectos relacionados à produção de silagens. São abordados os tipos de silos atualmente mais utilizados em nosso meio rural, dimensionamento, momento de corte das forrageiras, tamanho do corte, enchimento e compactação da forragem no silo, fechamento e abertura do silo e sua localização. Com relação as plantas mais adequadas para a produção de silagens, são descritas as seguintes espécies: milho, sorgo, gramíneas forrageiras, girassol e cana-de-açúcar, além das silagens de grãos úmidos de milho, silagem pré-secada e haylage e aditivos para silagens. Para cada espécie são descritas características tais como: produção de massa, cultivares e valor nutritivo, tratos culturais e adubação. Acreditamos que este Boletim venha a ser uma cartilha de uso prático ao produtores rurais do Brasil, com informações úteis á conservação de forragens. Palavras chave: cana-de-açúcar, girassol, gramíneas forrageiras, milho, silagem, silos e sorgo.


Boletim Científico 12 - Programa de Seleção da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho

IZ - Instuto de Zootecnia

Detalhes

O projeto de seleção da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho foi implantado e conduzido sempre com o compromisso de obter resultados práticos sobre os efeitos da seleção nos principais componentes econômicos de bovinos de corte, como crescimento, reprodução e carcaça. O projeto tem sido sempre conduzido em um sistema de produção compatível com as condições brasileiras para que seus resultados possam ser usados como indicativos do poder da seleção e do potencial de ganho genético dos rebanhos de corte brasileiros estabelecidos em pastagens. Os resultados aqui apresentados foram compilados de trabalhos de pesquisa já publicados, e são decorrentes de cerca de 5 gerações de seleção de bovinos de corte para característica de crescimento. É com prazer que apresentamos estes resultados práticos, que poderão ser úteis para os selecionadores de gado de corte, para os profissionais da área que trabalham diretamente com o selecionador, para alunos de ciências agrárias com interesse na área de melhoramento de gado de corte, assim como para professores de melhoramento animal. Leopoldo Andrade de Figueiredo Diretor do Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócios de Bovinos de Corte

Boletim Técnico IZ 48 - Produção Intensiva de Ovinos

IZ - Instuto de Zootecnia

Detalhes

São Paulo é hoje um dos principais estados brasileiros na produção de carne ovina de qualidade. Isso, graças a um intenso trabalho de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias específicas às nossas condições. Nesse contexto, o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, através da equipe de pesquisadores do Instituto de Zootecnia, tem sido fundamental. Os conhecimentos gerados nos últimos 20 anos pelo Instituto de Zootecnia são disponibilizados, de forma simples e clara e através do Boletim Técnico IZ 48, a profissionais, criadores, estudantes e demais interessados nessa atividade, que se apresenta, cada vez mais, como uma alternativa de viabilização sócio-econômica da pequena e média propriedade rural.


IZ lança boletim Sincronização do Cio em bovinos

IZ - Instuto de Zootecnia

Detalhes

O Instituto de Zootecnia (IZ) está lançando a segunda edição do boletim técnico Sincronização do Cio em Bovinos de autoria do pesquisador científico Rafael Herrera Alvarez. O livro tem por objetivo fornecer informações sobre a regulação do ciclo sexual bovino mediante diversos procedimentos. O autor descreve a fisiologia do ciclo; programas e produtos de sincronização; sincronização do cio de fêmeas cíclicas e não cíclicas; tratamentos promissores; uso de touros em programas de sincronização; separação do bezerro durante a sincronização das mães; custo e benefício da sincronização do cio. A intervenção eficiente sobre o ritmo de regulação de ciclo sexual oferece a possibilidade de programar os cios e consequentemente, as datas de inseminação (natural ou artificial), além de planificar os partos em função de diversos parâmetros de ordem econômica, de disponibilidade de alimentos e de uso racional de mão de obra.

2ª edição do Boletim Técnico IZ 48

IZ - Instuto de Zootecnia

Detalhes

Produção Intensiva de Ovinos São Paulo é hoje um dos principais estados brasileiros na produção de carne ovina de qualidade. Isso, graças a um intenso trabalho de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias específicas às nossas condições. Nesse contexto, o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, através da equipe de pesquisadores do Instituto de Zootecnia, tem sido fundamental. Os conhecimentos gerados nos últimos 25 anos pelo Instituto de Zootecnia são disponibilizados, de forma simples e clara e através do Boletim Técnico IZ 48, a profissionais, criadores, estudantes e demais interessados nessa atividade, que se apresenta, cada vez mais, como uma alternativa de viabilização sócio-econômica da pequena e média propriedade rural. Mais informações podem ser obtidas através do telefone: (19) 3466-9413 ou pelo e-mail: publicacoes@iz.sp.gov.br.