cabecalho apta130219

1º SIMPÓSIO DA QUALIDADE DA CARNE SUÍNA PARA NUTRICIONISTAS

O Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Alberto Macedo, participa nesta quinta-feira (23/11), na sede da Secretaria em São Paulo, da solenidade de abertura do 1º Simpósio da Qualidade da Carne Suína para nutricionistas. O evento, resultado de trabalho conjunto da Câmara Setorial da Carne Suína do Estado de São Paulo, ligada a Secretaria Estadual de Agricultura, da Associação Paulista dos Criadores de Suínos (APCS) e do Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo, visa aumentar o consumo da carne suína, mostrando aos profissionais a sua qualidade e benefícios. O objetivo do evento é discutir valores nutricionais, novos cortes, segurança sanitária da carne suína, inspeção de produtos, sistemas de preparo, além de um conjunto de orientações desta refeição. “Esta é mais uma das ações nascidas da colaboração de todos os elos da cadeia produtiva, assim como foi com o nosso Selo de Qualidade Produto de São Paulo – Selo suíno Paulista, que criou normas para a produção de carne de qualidade e com origem certificada”, afirma o secretário Alberto Macedo. O selo “suíno Paulista” foi o quarto produto certificado dentro do Programa, antes receberam o selo o Café Torrado e Moído, o Carvão vegetal, e Algodão Premium. O programa é voltado para produtos que possuam qualidade superior, através de controle de todo o processo produtivo, estabelecendo regras no pré-abate, da criação ao frigorífico. Para o Secretário Macedo, A qualidade dos produtos paulistas, além de nos proporcionar ingresso em mercados exigentes e atestar a competência de nosso setor produtivo, demonstra que é na agregação de valor que reside a nossa grande chance de gerar empregos e renda no campo. Sobre a Carne Suína A carne suína apresenta baixo teor de gordura na maioria de seus cortes. As gorduras saturadas aumentam o nível de LDL (o mau colesterol) no organismo humano; 60% da gordura do suíno é insaturada, que ajuda a manter o nível de colesteol HDL (o bom colesterol) no sangue e a reduzir os depósitos de gordura nas paredes das artérias. Cada 100 gramas de lombo cozido tem em média, 6,7 gramas de gordura. Esta quantidade representa menos de 10% (sobre o recomendado) do máximo a ser ingerido por dia. A carne magra do suíno possui de 19 a 20% de proteína e tem ótima combinação de todos os aminoácidos essenciais. Serviço 1º Simpósio da Qualidade da Carne Suína Para Nutricionistas Data: 23 de novembro de 2006, às 13h30 Local: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo Endereço: Av Miguel Stefano, 3900 – São Paulo/Capital
Pin It

Notícias por Ano