cabecalho apta130219

Agricultores familiares buscam no exterior novos mercados para orgânicos.

Produtos orgânicos, como doces e geléias de frutas raras, como umbu, suco de tangerina, polpa de açaí e cachaças envelhecidas estão gerando emprego e renda para agricultores familiares brasileiros. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agário (MDS), de agosto do ano passado a janeiro deste ano, o Brasil exportou cerca de 9,5 mil toneladas de produtos orgânicos. Na última semana, o MDS levou 13 representantes de associações e cooperativas à maior feira de produtos orgânicos do mundo, a Biofach, na cidade de Nuremberg, na Alemanha. Com isso, o ministério quer gerar mais oportunidades de negócios para os agricultores familiares. Segundo João Batista, técnico da área de agroindústria da Secretaria de Agricultura Familiar do MDS, os produtos orgânicos brasileiros têm boa aceitação no mercado internacional. Para João batista, a qualidade do solo e as técnicas da agricultura familiar qualificam o produto brasileiro. "Já se sabe que aqui, quando se olha, principalmente a agricultura familiar, que tradicionalmente sempre usa poucos insumos químicos, é muito mais fácil ter uma certificação do produto orgânico, de um produto que não tem agroquímicos", ressaltou. No Brasil, cerca de 20 mil agricultores trabalham com produtos orgânicos, sendo que 80% são agricultores familiares.
Pin It

Notícias por Ano