cabecalho apta130219

Agronegócio paulista: saldo comercial de US$ 1,08 bilhão no primeiro bimestre

O saldo comercial (exportações menos importações) do agronegócio paulista apresentou pequeno aumento (1,9%) no primeiro bimestre de 2009, para US$1,08 bilhão, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo estudo do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Isto porque as importações do setor apresentaram maior queda (31,5%, para US$870 milhões), do que as exportações (menos 16,3%, para US$1,95 bilhão). Os autores do trabalho dizem que “as importações paulistas nos demais setores - exclusive os agronegócios - somaram US$6,90 bilhões para exportações de US$3,61 bilhões, gerando um déficit externo desse agregado, de US$ 3,29 bilhões. Assim, conclui-se que o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho dos agronegócios estaduais, cujos saldos se elevaram, pois as importações diminuíram mais do que as exportações”. As exportações totais do Estado somaram US$ 5,56 bilhões (28,7% do total nacional) e as importações, US$7,77 bilhões (42,9% do total nacional), registrando um déficit de US$2,21 bilhões. Em relação ao primeiro bimestre de 2008, o valor das exportações paulistas diminuiu 32,1% e o das importações, 17,5%, elevando em 79,7% o déficit comercial, mostra o estudo. “O desempenho das exportações paulistas (-32,1%), comparando-se os dois primeiros meses 2009 com os de 2008, mostra queda maior que a brasileira (-25,7%), enquanto que nas importações, a diminuição no Brasil foi maior (-25,4%) do que em São Paulo (-17,5%).” “Assim, na conjunção das performances das exportações e importações, o saldo da balança comercial paulista teve aumento do déficit, enquanto que a brasileira, apesar da redução, mostra saldo positivo (-30,3%). Trata-se da manifestação da realidade da crise econômica mundial, uma vez que todos os indicadores de comércio exterior apresentam recuos expressivos.” Já as exportações do agronegócio brasileiro recuaram 15,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo US$8,20 bilhões (42,3% do total). Por sua vez, as importações do setor diminuíram 37,1%, também em comparação com primeiro bimestre de 2008, somando US$2,48 bilhões (13,7% do total). O superávit dos agronegócios no primeiro bimestre de 2009 foi de US$5,72 bilhões, 0,7% inferior ao do mesmo período do ano passado. “Portanto, o desempenho dos agronegócios sustentou a balança comercial brasileira, uma vez que os demais setores, com exportações de US$ 11,17 bilhões e importações de US$ 15,65 bilhões, produziram no período um déficit de US$ 4,48 bilhões”, dizem os pesquisadores do IEA. . O estudo foi elaborado pelos pesquisadores Sueli Alves Moreira, José Roberto Vicente e José Sidnei Gonçalves. A íntegra está disponível no site www.iea.sp.gov.br. Assessoria de Comunicação da APTA José Venâncio de Resende (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano