cabecalho apta130219

APTA e Embrapa promovem curso de produção integrada de citros, em Novo Horizonte (SP)

Sensibilizar produtores e exportadores de laranjas, tangerinas e lima ácida “Tahiti” sobre a importância da adesão ao programa oficial de certificação brasileiro, denominado “Programa Integrado de Citros”, é o objetivo do curso que acontece na quarta-feira (dia 13/08) e na quinta (dia 14/08) em Novo Horizonte (SP). A idéia é que a adoção do programa permita ao citricultor adequar o sistema de produção de citros às Normas Técnicas PIC, de maneira a atender as exigências dos mercados interno e externo quanto a qualidade, segurança alimentar e rastreabilidade, diz o pesquisador José Antonio Alberto da Silva, coordenador do curso. O curso é promovido pelo Pólo APTA Alta Mogiana (Colina) e Embrapa, com a parceria de várias entidades dos setores público e privado como CNPq, ANDEF, SEBRAE, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. É destinado a técnicos, produtores e exportadores, principalmente os pouco mais de 300 produtores/exportadores de lima ácida “Tahiti” da região de Novo Horizonte. Na programação, estão previstas palestras sobre a produção integrada como alternativa para a fruticultura, adoção da produção integrada de citros em São Paulo e na Bahia, manejo integrado de pragas em citros, certificação, financiamento da fruticultura e uso correto de produtos fitossanitários. A produção integrada surgiu na Europa, na década de 1970. No Brasil, tornou-se o programa oficial do MAPA, através da Produção Integrada de Frutas (PIF) em 1997. A maçã foi a primeira fruta a ter o sistema estabelecido, segundo Alberto da Silva. “Trata-se de um sistema de cultivo que controla e registra todo o processo de produção, sendo fiscalizado da produção à comercialização, por instituições credenciadas no INMETRO, gerando produtos certificados, de alta qualidade, com segurança alimentar, produzidos em um ambiente sustentável.” Antes de o produto da produção integrada alcançar o ponto de venda, são realizadas análises de resíduos de agroquímicos, diz o pesquisador. “Ao fim do processo, o produto com aprovação final recebe um selo que garante a qualidade, bem como o histórico de sua produção (rastreabilidade).” Atualmente, o programa é desenvolvido com a participação de mais de 500 instituições públicas e privadas. São mais de 40 projetos em andamento, que, além das frutíferas, englobam as cadeias da carne, leite, flores, grãos, raízes e tubérculos, mel, caprinos, cana-de-açúcar e madeira. As propostas da produção integrada são a certificação dos produtos agropecuários, comercialização sob o ponto de vista da globalização e qualidade, rastreabilidade, segurança alimentar e regulamentação de agrotóxicos no Brasil Em São Paulo, o Pólo APTA da Alta Mogiana-Apta (Colina) coordena o projeto "Fortalecimento da Produção Integrada de Citros no Estado de São Paulo", que já possui as Normas Técnicas PIC oficialmente publicadas, informa Alberto da Silva. Também já tem propriedades prontas para serem certificadas e para comercializar frutos produzidos em um ambiente socialmente justo, ambientalmente correto e economicamente viável. Assessoria de Comunicação Social (11) 5067-0424 (Gabinete da APTA) (19) 3743-1679 (APTA Campinas) Programa completo Quarta-Feira (13/08/2008) 13h00 - 13h30 Inscrição 13h30 - 13h45 Abertura 13h45 - 14h45 Produção Integrada: alternativa para a fruticultura e desafio para o Brasil - Rosilene Ferreira Souto (MAPA) 14h45 - 15 intervalo 15h00 - 16h00 História da Produção Integrada de Citros em São Paulo - José Antonio Alberto da Silva (APTA Alta Mogiana/Colina) 16h00 - 17h00 Experiência prática na adoção da Produção Integrada de Citros de um produtor já certificado em PI/GlobalGap Roberto Toyohiro Shibata Fazenda Lagoa do Coco - Rio Real, Bahia José Eduardo B. Carvalho – Embrapa-BA 17h00 - 18h00 Manejo Integrado de Pragas - MIP Lima ácida Santin Gravena – GravenaManEcol 18h00 - 18h30 Discussão sobre os temas apresentados Quinta-Feira (14/08/2008) 13h30 - 14h10 Certificação em Produção Integrada e GlobalGap - OIA Brasil Karina Sena Passos 14h10 - 14h50 Certificação em Produção Integrada e GlobalGap - BRTUV Luciana Santos e Juliano Piovezan 14h50 - 15h15 Financiamento para fruticultura - Programa FEAP Luiz Gustavo Ferreira Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo 15h15 - 15h30 Intervalo 15h30 - 17h30 Uso correto e seguro dos produtos fitossanitários Shizuo Dodo - ANDEF 17h30 - 18h00 Discussão sobre os temas apresentados 18h00 - 18h30 Encerramento e entrega de certificados Local: Escola Hebe Avenida Saudade ao lado do Corpo de Bombeiros APTA - Colina (17) 3341.1400 jaas@apta.sp.gov.br
Pin It

Notícias por Ano