cabecalho apta130219

Aumenta o contrabando de agrotóxico vindo do Paraguai

O contrabando de agrotóxicos que vêm do Paraguai está aumentando em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, os principais produtores de soja do centro-oeste. O herbicida é trazido por quadrilhas especializadas e sai pela metade do preço cobrado nas lojas no Brasil, segundo reportagem do jornal Bom Dia Brasil. Na semana passada, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu duas toneladas de agrotóxico que estavam em um caminhão-tanque vindo do Paraguai. Devido ao contrabando, o País deixa de arrecadar por ano mais de US$ 100 milhões. A preocupação dos especialistas é com o uso dos agrotóxicos contrabandeados. O produto da indústria nacional deve ter registro nos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente. Já o produto que entra ilegalmente no Brasil não tem informações sobre a composição do que está dentro da embalagem. Os casos de intoxicação com agrotóxicos são a segunda causa de acidentes no campo. Os números da Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelam que ano passado 61 pessoas morreram por intoxicação em Mato Grosso do Sul. No Brasil, foram 5 mil. Em todo mundo, 220 mil mortos.
Pin It

Notícias por Ano