cabecalho apta130219

Classificação de soja terá cartilha explicativa

Produtores de soja e indústria estão conversando para definir normas mais transparentes para classificação de soja. A última conversa entre a Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja/MT) e Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) foi realizada na quarta-feira (08-08) em Brasília durante reunião da Câmara Setorial de Biodiesel e Oleaginosas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Acreditamos que o grupo de trabalho está conseguindo criar regras que sejam transparentes e que beneficiam os dois lados”, afirmou o vice-presidente Oeste e coordenador da Comissão de Tecnologia de Produção da Aprosoja/MT, Glauber Silveira da Silva. Para garantir a qualidade dos padrões que serão definidos, o professor doutor da Universidade Federal de Viçosa, Tetuo Hara está acompanhado todo o processo. O especialista já pesquisou os padrões de classificação utilizados em outros países e acredita que muitas normas podem ser aproveitadas no Brasil. O grupo está editando uma cartilha que será distribuída para todos os agentes envolvidos na classificação de soja: produtores, classificadores, indústrias. Além de Glauber Silveira e Tetuo Hara, também participaram da reunião o gerente técnico da Aprosoja/MT, Luiz Nery Ribas e o presidente do Sindicato Rural de Sinop, Antonio Galvan. As informações são da assessoria de imprensa da Famato. Redação Fonte: Agrolink
Pin It

Notícias por Ano