cabecalho apta130219

CONTRIBUIÇÃO DA SECRETARIA À CAFEICULTURA PAULISTA

A exposição dos trabalhos realizados pelos pesquisadores da Secretaria de Agricultura acontece durante o V Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, que acontece em Águas de Lindóia de 07 a 11 de maio A abertura oficial do V Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil acontece neste dia 08/05 ( terça-feira) a partir das 19h com a presença do secretário adjunto de agricultura e abastecimento, Antonio Júlio Junqueira de Queiroz. O evento organizado pela Embrapa, em parceria com as instituições de pesquisa e assistência técnica da Secretaria de Agricultura, vai mostrar trabalhos inéditos sobre o assunto. A contribuição dos órgãos para o desenvolvimento da cafeicultura é dos mais relevantes. Estima-se que 90% dos quase 6 bilhões de cafeeiros do Brasil, sejam provenientes de cultivares desenvolvidos pelo IAC (Instituto Agronômico de Campinas). Alguns são à base da cafeicultura de outros países, embora não sejam mais plantados em escala comercial no Brasil. É o caso do Caturra Vermelho, IAC 477, e do Caturra Amarelo, IAC 476, que foram selecionados no IAC, a partir de 1937. Muitas cultivares de café, apesar de atualmente não serem mais recomendadas, foram, porém, importantes no passado. Durante o evento também será apresentado, entre outros trabalhos, pesquisa inédita do IEA (Instituto de Economia Agrícola) com cafeicultores paulistas que mostra que 41% da produção são comercializados por meio de corretagem/exportação. As cooperativas aparecem em segundo lugar com 26,9%, seguidas da indústria (8,9%). Mas as operações com títulos financeiros (CPR, mercado futuro, etc.) já aparecem entre os canais de comercialização, atingindo 2,5% da produção. PRODUÇÃO PAULISTA – O café ocupa 223,40 mil hectares no estado de SP e a última previsão do IEA ( liberada em abril) é de uma produção de 211 mil toneladas neste ano, queda de 25,2%. A quebra de safra esperada é atribuída ao calor e à estiagem nos meses de outono, que impediram a formação das gemas florais e diminuíram muito o vigor da florada de outubro e novembro. Em 2006, foram computados uma produção de 4,72 milhões de sacas de café beneficiado num valor de produção de R$ 788 milhões. O estado de São Paulo está entre os maiores produtores de café do país e é responsável pela torrefação de boa parte deste. O Brasil está entre os maiores exportadores de café verde do mundo.
Pin It

Notícias por Ano