cabecalho apta130219

Exportações do agronegócio paulista atingem US$ 12,79 bilhões nos primeiros nove meses do ano

As exportações do agronegócio paulista aumentaram 9,7%, para US$ 12,79 bilhões, nos primeiros nome meses do ano em relação a igual período de 2007, segundo estudo do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Como as importações cresceram mais (44,9%, para US$ 5,71 bilhões), o saldo comercial do setor encolheu 8,3%, para US$ 7,08 bilhões. “As importações paulistas nos demais setores – exclusive os agronegócios – somaram US$ 44,25 bilhões para exportações de US$ 31,03 bilhões, gerando déficit externo desse agregado, de US$ 13,22 bilhões de janeiro a setembro de 2008”, dizem os autores da análise. “Assim, conclui-se que o déficit do comércio exterior paulista seria muito maior não fosse o desempenho dos agronegócios estaduais.” No âmbito nacional, as exportações do agronegócio cresceram 29,6%, para US$ 58,66 bilhões. Já as importações evoluíram 66,3%, para US$ 20,09 bilhões, o que resultou no saldo comercial positivo de US$ 38,57 bilhões (aumento de 16,2%). “Portanto, o desempenho dos agronegócios sustentou a balança comercial brasileira, uma vez que os demais setores, com exportações de US$ 92,20 bilhões e importações de US$ 111,13 bilhões, produziram no período um déficit de US$ 18,93 bilhões”, explicam os pesquisadores do IEA. As exportações do agronegócio paulista representaram 21,8% das exportações setoriais brasileiras, ou seja, 4,0 pontos percentuais a menos do que no mesmo período de 2007. Já as importações respondem por 28,4% das compras externas no âmbito de país, ou seja, 4,2 pontos percentuais inferiores ao verificado no mesmo período do ano anterior. Os cinco principais agregados de cadeias de produção nas exportações do agronegócio paulista são cana-sacarídeos (US$ 3,67 bilhões), bovídeos-bovinos (US$ 2,62 bilhões), frutas (US$ 1,57 bilhão), produtos florestais (US$ 1,49 bilhão) e cereais/leguminosas/oleaginosas (US$ 778,04 milhões). Juntos, responderam por 79,2% das exportações setoriais paulistas. A análise foi elaborada pelos pesquisadores José Sidnei Gonçalves (sydy@iea.sp.gov.br), José Roberto Vicente (jrvicente@iea.sp.gov.br) e Sueli Alves Moreira Souza (sueli@iea.sp.gov.br). A íntegra está disponível no site www.iea.sp.gov.br. José Venâncio de Resende Assessoria de Comunicação da APTA (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano