cabecalho apta130219

Inflação no campo: preços agrícolas sobem 0,89% na primeira quadrissemana de maio

Batata (35,33%), tomate para mesa (17,10%), trigo (16,64%) e carne de frango (13,76%) foram os produtos que mais contribuíram para a alta de 0,89% no índice quadrissemanal de preços recebidos pela agropecuária paulista (IqPR), na primeira quadrissemana de maio, segundo o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Os produtos de origem vegetal (IqPR-V) e animal (IqPR-A) apresentaram variação positiva, respectivamente, de 0,27% e 2,43%. Também o leite tipo C apresentou aumento significativo (5,87%). Segundo os técnicos do IEA, grande parte das altas de preços dos produtos está relacionada a fatores, como repasse do aumento do custo de produção, final de safra, oferta reduzida, clima e movimentos de mercado (commodities), que atingem de imediato o preço final de venda dos produtos agrícolas. As maiores quedas foram verificadas nos preços da laranja para mesa (27,30%), ovos (16,53%), carne suína (5,14%), café (1,13%) e soja (0,31%). No caso da laranja de mesa, a entrada no mercado de variedades precoces e de tangerinas com preços mais atraentes ao consumidor, associada à retração do consumo (altos preços praticados nas semanas anteriores), foi responsável pela queda das cotações. A cotação dos ovos continua em queda em virtude da retração do consumo, já que os consumidores consideraram altos seus preços. A análise completa está disponível no site www.iea.sp.gov.br. O estudo foi elaborado pelos pesquisadores Eder Pinatti (pinatti@iea.sp.gov.br), Raquel Castellucci Caruso Sachs (raquelsachs@iea.sp.gov.br), José Alberto Angelo (alberto@iea.sp.gov.br) e José Sidnei Gonçalves (sydy@iea.sp.gov.br). José Venâncio de Resende Assessoria de Comunicação Social da APTA (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano