cabecalho apta130219

Laranja: produção paulista deverá atingir 368,2 milhões de caixas

Por José Venâncio de Resende A produção paulista de laranja (para indústria e mesa) deverá atingir 368,2 milhões de caixas (40,8 kg) na safra 2007/08, superior aos 365,8 milhões de caixas da safra anterior, segundo levantamento preliminar do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) e Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Estima-se que entre 288 milhões e 308 milhões de caixas serão destinados ao processamento industrial e 60 a 80 milhões de caixas para mesa. Esta é a primeira vez que a previsão de safra de laranja é divulgada em evento exclusivo da cadeia de produção (citricultores, indústria, parlamentares, técnicos e demais agentes do setor), em atendimento a uma demanda do próprio setor, segundo o secretário João Sampaio. “Esperamos que esta data passe a ser balizadora de projeções e investimentos no mercado”, disse na apresentação dos dados. O desempenho da atual safra é resultado de acréscimo de 1,7% na área plantada, para 691,26 mil hectares, já que a produtividade deverá ser 1,1% menor. Nas 20 regiões com colheita superior a cinco milhões de caixas (94% do total), espera-se produção de 345,7 milhões de caixas, uma redução de 1,2%. Perda de área Estudo recente de pesquisadores do IEA mostra que os pomares do Estado cederam 1,4% de área, principalmente para cana-de-açúcar (67,3%), soja (14,2%) e eucaliptus (11,3%), no período de 2001 a 2006. Segundo Sampaio, Catanduva foi a região que mais perdeu pomares, enquanto regiões como Avaré apresentaram ganho de área. O levantamento completo está disponível no site www.iea.sp.gov.br. Assessoria de Comunicação Social (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano