cabecalho apta130219

Palmital, no interior de SP, poderá ter usina de etanol

O protocolo de intenções para o estudo de viabilidade da instalação de uma usina de álcool em Palmital (SP), assinado em 27 de outubro pela Petrobras e pela Cooperativa dos Cafeicultores da Média Sorocabana (Coopermota), marcou o início de um processo que visa ao desenvolvimento econômico e social da região. A parceria deve mostrar quais as reais condições da instalação de uma usina para a produção de etanol a partir da cana e da mandioca. Para os representantes da Petrobras, a expectativa é a de que os estudos sinalizem para a concretização da proposta, afinal a estatal tem projetos no ramo de produção de biocombustível. Em 2006, a estatal deve se tornar a maior exportadora de álcool, com 300 milhões de litros. Além do Sudeste, a Petrobrás tem projetos de biocombustível no Nordeste e Sul. O presidente da Coopermota, Oscar Knuppel, destacou que a instalação de uma usina na região sinaliza para uma grande oportunidade de negócio para os produtores. Se isso se der a partir da parceria entre Coopermota e Petrobras, as chances de sucesso econômico e social serão muito maiores, considerando o papel que cada empresa tem em suas esferas de atuação. O modelo estudado além de trazer mais uma alternativa para o agronegócio da região, propõe a inserção do produtor em toda a cadeia de produção, fazendo com que ele não seja apenas um fornecedor de matéria-prima, e sim participe da transformação dessa matéria-prima em energia e combustível.
Pin It

Notícias por Ano