cabecalho apta130219

Primeira dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação do Biológico

A primeira dissertação para a obtenção do título de Mestre do Programa de Pós-graduação em Sanidade, Segurança Alimentar e Ambiental no Agronegócio (área de concentração em sanidade vegetal) do Instituto Biológico (IB-APTA-SAA) será apresentada nesta quarta-feira (28/01), às 14:00 horas, na capital paulista. O biólogo Luciano Olmos Zappelini vai defender, perante a comissão julgadora, o trabalho “Seleção de isolados dos fungos entomopatogênicos beauveria bassiana e metarhizium anisopliae visando o controle da broca da cana-de-açúcar, Diatraea saccharalis (Lepidoptera: Crambidae)”. O estudo, orientado pelo pesquisador Antonio Batista Filho, tinha o objetivo de selecionar isolados de fungos entomopatogênicos para o controle da broca da cana. Assim, foram determinados os valores da concentração letal (CL90) para Beauveria bassiana (IBCB 66) e Metarhizium anisopliae (IBCB 425), isolados padrão aplicados em lagartas da broca da cana-de-açúcar. Foi realizado um teste de seleção envolvendo 99 isolados de ambos os fungos e posteriormente foi feita uma repetição deste teste para confirmação dos resultados, porém apenas para isolados capazes de provocar mortalidades confirmadas iguais ou superiores a 80%, além do cálculo do tempo letal (TL50). Em seguida, estes foram submetidos a um bioensaio de produção massal em laboratório para avaliação do potencial de produção de conídios de cada isolado. O melhor isolado de cada fungo foi produzido e um ensaio em condições de campo foi realizado. Os ensaios em condições de campo foram realizados com a aplicação dos isolados de B. bassiana IBCB 215 e M. anisopliae IBCB 417. Não foi observada diferença estatística entre os tratamentos em todos os períodos de avaliação, mas foi observada tendência à diminuição no número de lagartas por metro linear em especial para o tratamento envolvendo o IBCB 417 na dosagem de 10kg de arroz + fungo por hectare. Já para B. bassiana a dosagem mais eficiente foi de 6kg de arroz mais fungo por hectare. Logo, ambos os isolados apresentam bom potencial para controle da broca da cana-de-açúcar D. saccharalis, podendo assim incrementar o manejo integrado de pragas (MIP) na cultura da cana-de-açúcar. O setor sucroalcooleiro tem-se destacado pela rápida expansão das áreas de plantio da cana-de-açúcar, o que está levando usinas e produtores de cana a buscarem novas técnicas de controle de pragas, dentre elas o controle biológico da broca da cana-de-açúcar, Diatraea saccharalis (Lepidoptera: Crambidae). Os canaviais localizam-se em regiões quentes e com alta taxa de umidade, onde a utilização de fungos entomopatogênicos passa a ser muito promissora. Serviço: Apresentação da dissertação “Seleção de isolados dos fungos entomopatogênicos beauveria bassiana e metarhizium anisopliae visando o controle da broca da cana-de-açúcar, Diatraea saccharalis (Lepidoptera: Crambidae)” pelo biólogo Luciano Olmos Zappelini Dia: 28/01/2009 às 14 horas Local: Sala "Benedicto Pedro Bastos Cruz" Comissão julgadora: Membros titulares: Prof. Dr. ANTONIO BATISTA FILHO (Orientador) - IB Prof. Dr. JOSÉ EDUARDO MARCONDES DE ALMEIDA - IB Prof. Dr. CARLOS FREDERICO WILCKEN - Fac. de Ciências Agronômicas - UNESP/Botucatu Suplentes Prof. Dr. LUÍS GARRIGÓS LEITE - IB Prof. Dr. ANDRÉ LUIZ LOURENÇÃO - IAC Assessoria de Comunicação da APTA José Venâncio de Resende (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano