cabecalho apta130219

Produção de álcool e açúcar vai crescer 15%

A safra paranaense de cana-de-açúcar 2007/08 aponta para área plantada superior a 500 mil hectares, que corresponde a aumento de 150 mil hectares, em relação ao plantio de 2004. A expectativa é de crescimento de 15% na produção de álcool e açúcar no Estado. A ampliação da área plantada com cana-de-açúcar no Paraná atende ao compromisso firmado entre os produtores e o governo do Estado, que previram, em 2004, as boas perspectivas para o setor sucroalcooleiro no mundo, como está acontecendo agora. Para implementar as exportações, o governo do Estado se comprometeu em ampliar a infra-estrutura para o setor, como o terminal público de álcool no Porto de Paranaguá e viabilização de estradas na região norte e noroeste, onde se concentra o plantio da cana-de-açúcar. Os produtores, por sua vez, se comprometeram a investir no aumento do plantio e da industrialização. A meta firmada com o governo do Estado era plantar 500 mil hectares até 2008. “Os produtores anteciparam em um ano a meta”, disse o superintendente da Associação de Produtores de Álcool e Açúcar do Estado do Paraná (Alcopar), Adriano da Silva Dias. Os investimentos do governo do Estado e dos produtores paranaenses estão atraindo várias comitivas de empresários estrangeiros interessadas em participar de joint-ventures ou consórcios para exploração de energias alternativas. Essa demanda ganhou visibilidade, após o reconhecimento dos Estados Unidos à contribuição do etanol para fins energéticos. Entre os dias 23 e 26 de março, um grupo de empresários alemães está visitando usinas e áreas de plantio de cana no norte do Paraná. Para Dias, com a adesão dos EUA, destacando as contribuições ambientais, energéticas e de segurança do etanol, fica mais fácil para outros países também se interessarem pelo produto. “Esse é o caminho mais rápido para a consolidação de uma commodity, que é o produto primário que tem aceitação em todo o mundo, portanto com liquidez no mercado externo”, explicou. Atualmente, o Paraná já exporta etanol para vários países. Na safra 2006/07 exportou 270 milhões de litros, sendo que 82,1 milhões foram para os Estados Unidos, 40 milhões para o México, 34,5 milhões para a Holanda, e o restante dividido para vários países menores. Segundo levantamento do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, a estimativa para a safra de cana-de-açúcar 2007/08 indica área plantada de 518.450 hectares, que poderá resultar numa oferta média de 41 milhões de toneladas de cana, sinalizando uma expectativa de moagem de 34 a 35 milhões de toneladas, este ano. As maiores expansões de plantio estão nas regiões de Cornélio Procópio, com 39%, Londrina com 40%, Paranavaí com 27%, Umuarama 18%, Jacarezinho com 15% e a região de Maringá, com 10%.
Pin It

Notícias por Ano