cabecalho apta130219

Programa Laranja Nota 10 tem sua primeira variedade selecionada

Após dois anos de trabalho e parceria com citricultores, Centro APTA Citros do IAC devolve ao produtor laranjeira-elite avaliada e testada para CVC e HLB (greening) No próximo dia 05 de outubro, em Cordeirópolis, o produtor Otto Henrique Mahle Neto receberá cópia de sua planta que participou do programa Laranja Nota 10, lançado em 2005, pelo Centro APTA Citros “Sylvio Moreira”, do Instituto Agronômico (IAC). A homenagem ao produtor detentor da Laranja Nota 10 acontecerá durante o VII Dia da Laranja. No evento, será lançada a versão 2008 do Programa Laranja Nota 10, com foco para a seleção de cultivares com época de produção entre precoce e meia estação. O Programa Contínuo de Melhoramento de Citros - Laranja Nota 10 visa à seleção de laranjeiras-elite, com o objetivo de resgatar material genético altamente produtivo que se destaca em pomares comerciais. Com essa meta, o Centro APTA Citros “Sylvio Moreira” criou a possibilidade de citricultores inscreverem suas plantas, que passam por testes, são copiadas e destinadas à manutenção no Centro de Citros do IAC. O objetivo é ampliar a base de informações sobre a seleção de materiais genéticos promissores As laranjas Pêra que participaram do programa foram acompanhadas durante toda safra de 2006. A planta melhor avaliada produziu 7,3 caixas (40,8 kg) em 2006. O histórico de produção era de 10,1 caixas em 2004, e de 7,6 caixas em 2005. “Os padrões obtidos foram bastante adequados à época de produção de meia estação, como é o caso da Pêra. As características de qualidade dos frutos também foram analisadas e comparadas com outras cultivares”, explica Dirceu de Mattos Júnior, pesquisador do IAC-APTA, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Desde 2005, os pesquisadores fizeram visitas ao campo, coleta de frutos para análise de qualidade, colheita de duas safras e controle de histórico de colheita. Segundo o pesquisador, o material selecionado também foi testado para sanidade e constatada a ausência das bactérias causadoras da CVC (clorose variegada dos citros) e do HLB (greening). Em uma nova etapa, as plantas serão levadas para testes de campo a fim de confirmar o desempenho destacado em outras regiões citrícolas. As laranjas avaliadas são de Bebedouro e região. O trabalho foi liderado pelos pesquisadores do Centro de Citros do IAC, Eduardo Fermino Carlos, José Dagoberto De Negri, Helvécio Della Coletta e Mariângela Cristofani-Yaly, esta última, coordenadora do grupo de melhoramento de citros do Centro APTA Citros “Sylvio Moreira” . De acordo com Mattos Júnior, a seleção de uma planta candidata à matriz de alta produtividade é importante para ampliar o número de variedades de elevada qualidade disponíveis para o setor, o que constitui fator essencial para eficiência de produção. “Faremos novo esforço para dar continuidade ao programa, numa busca de novos materiais Laranja Nota 10 em 2008”, diz. A próxima etapa envolverá testes regionais de competição entre diferentes clones de Pêra e fornecerá base científica para a comprovação, ou não, da superioridade genética da planta vencedora do Laranja Nota 10, versão 2006. Essa iniciativa de melhoramento genético foi divulgada por entidades colaboradoras como a Coopercitrus (Cooperativa dos Cafeicultores e Citricultores de São Paulo), a EECB (Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro), o Espaço Citrícola, o Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura), o GCONCI (Grupo de Consultores em Citros), o GTACC (Grupo Técnico de Assistência e Consultoria em Citrus), o Laranja Brasil e o Vivecitrus (Associação Paulista de Viveiros Certificados de Citros). SERVIÇO VII Dia da Laranja Data: 05 de outubro de 2007 Local: Rod. Anhangüera, km 158, Cordeirópolis, SP. Informações: (19) 3546-1399 www.centrodecitricultura.br
Pin It

Notícias por Ano