cabecalho apta130219

Área de soja deve cair 7% no país em 2006/07

Novos levantamentos divulgados por consultorias confirmam redução de 7% na área plantada com soja no país na safra 2006/07. Conforme a Agência Rural, a área, que começa a ser cultivada na segunda quinzena deste mês, deve recuar 7% em relação ao registrado no ciclo passado, para 20,695 milhões de hectares. A Agroconsult estima redução de 7,3%, para 20,5 milhões de hectares. A produção tende a recuar até 5% sobre as 53,4 milhões de toneladas colhidas no ciclo 2005/06. As previsões variam entre 50,9 milhões e 52,1 milhões de toneladas. Seneri Paludo, analista da Agência Rural, observou que a maior queda ocorrerá no Mato Grosso, de 15%, para 5 milhões de hectares. A redução, de 900 mil hectares, é a maior na história do Estado. "Algumas áreas serão substituídas por pastagem, milho ou algodão, mas a maioria será abandonada", disse Paludo. Ele citou como exemplo regiões de solo mais pobre, como Alto do Garças, Santa Carmem e Santa Rita do Trivelato. A Agroconsult, por sua vez, prevê redução de 13,4%. "A área vai ser maior do que prevíamos inicialmente, mas haverá queda na produção, devido à redução de tecnologia adotada", disse André Pessôa, analista da consultoria. Ele observou que o investimento por hectare baixou entre 20% e 25% neste ciclo, para cerca de R$ 1,2 mil. Conforme a Agência Rural, também haverá redução em Goiás (13%), Mato Grosso do Sul (11%), São Paulo (8%), Minas Gerais (7%) e no Nordeste/Norte do país (4%). Já no Sul, a soja tende a substituir o milho em algumas áreas. Os consultores observaram que o hectare de milho demanda mais investimento (até R$ 1,6 mil) e o produto tem menor liquidez. A Agência Rural prevê aumento de área de 2% no Paraná e de 1% no Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina, a previsão é de que a área fique estável.
Pin It

Notícias por Ano