cabecalho apta130219

Reunião técnica discute custos e novas tecnologias do milho safrinha e do sorgo

Discutir projeções de custos e rentabilidade do milho safrinha para o próximo ano (encarecimento da lavoura devido ao aumento dos preços dos fertilizantes) e apresentar novas tecnologias como cultivares (destaques quanto à adaptação produtiva e resistência às doenças) e consórcio de culturas. Estes são objetivos da “Reunião Técnica sobre as Culturas de Milho Safrinha e Sorgo no Estado de São Paulo”, que acontece nesta quinta-feira, dia 06 de novembro, em Assis (SP). O evento é realizado pelo Pólo Regional Médio Paranapanema, ligado à Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio (APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Uma das inovações que serão apresentadas no evento é o consórcio do milho safrinha com plantas forrageiras (capins), que produz palha para aumentar a cobertura do solo, no sistema plantio direto, e ainda fornece pasto para viabilizar a integração lavoura-pecuária, segundo o pesquisador e coordenador do evento, Aildison Pereira Duarte. Durante o evento, também será tratada “a eficiência, de acordo com o híbrido, do controle das doenças foliares por fungicidas compostos por estrobilurinas associados a triazóis”, diz Duarte. “Alguns híbridos, mesmo com pouca severidade da doença (poucas lesões) apresentam redução significativa da produtividade. Já outros híbridos podem tolerar severidades moderadas da doença sem reduzir a produtividade.” Outro assunto é a cultura do sorgo, que passou a ser tratada recentemente na Reunião devido à sua característica peculiar. Ele é cultivado em mais de 50 mil hectares e apresenta maior tolerância à seca do que o milho, explica Duarte. O pesquisador ressalta ainda a importância do trabalho em conjunto de três personagens essenciais para o cenário do milho safrinha e do sorgo: pesquisadores, técnicos e produtores. “A sinergia entre a pesquisa, a assistência técnica e os produtores contribuiu para a consolidação desta nova modalidade de cultivo. Os trabalhos de pesquisa do Programa Milho e Sorgo IAC/APTA geraram informações que possibilitaram que o Médio Paranapanema fosse a primeira região a utilizar tecnologias apropriadas para o milho safrinha e, conseqüentemente, a obter produtividades e lucratividade satisfatórias.” A reunião é importante devido aos expressivos dados numéricos constatados em relação à cultura no País e no Estado. O milho safrinha tem, no Brasil, 4,6 milhões de hectares plantados, dos quais 28% (270 mil hectares) no Estado de São Paulo. A região do Médio Paranapanema responde por aproximadamente 140 mil hectares. A reunião será realizada no Pólo Regional do Médio Paranapanema, localizado na Rodovia SP 333 (Assis-Marília) Km 397, com início às 13 horas e término previsto para as 18 horas. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (18) 3321-2026/ 1661, ramal 25 José Venâncio de Resende/Taís Barros Assessoria de Comunicação da APTA 11 5067-0424/0402 Serviço Reunião Técnica Sobre as Culturas de Milho Safrinha e Sorgo no Estado de São Paulo Data: 06/11/2008 Horário: 13 horas Promoção: Pólo Regional Médio Paranapanema /APTA; IAC-APTA Coordenação: Aildison Pereira Duarte Apoio: Coopermota, Cooperativa de Pedrinhas Paulista, IB, IEA e CATI. Público Alvo: Técnicos e lideranças Vagas: 80 Local: Médio Paranapanema, Rodovia SP 333 (Assis-Marília) Km 397 – Assis (SP) Contato: (18) 3321-2026/1661, ramal 25 PROGRAMAÇÃO 13hs - Inscrições 13h30 - Resultados da avaliação regional de cultivares de milho safrinha IAC/APTA/CATI/Empresas no Estado de São Paulo em 2008 - Parâmetros agronômicos Aildson Pereira Duarte (IAC, /APTA Médio Paranapanema, Assis) - Severidade de doenças e uso de fungicidas Gisèle Maria Fantin (Instituto Biológico, Campinas) 15h40 - Intervalo 16hs - Aspectos econômicos do mercado e da produção de milho safrinha - Perspectivas da safra 2008/09 Alfredo Tsunechiro (Instituto de Economia Agrícola, São Paulo) - Comercialização do milho safrinha no Médio Paranapanema José Dias (Coopermota, Cândido Mota) - Custo de produção e rentabilidade do milho safrinha no Médio Paranapanema Fernanda de Paiva Badiz Furlaneto (APTA Médio Paranapanema, Assis) 16h50 - Consórcio milho safrinha e gramíneas forrageiras Karina Batista (APTA Médio Paranapanema, Assis) 17h20 - Avaliação de cultivares de sorgo no Estado de São Paulo Rogério Soares de Freitas (APTA Noroeste Paulista, Votuporanga) 18hs - Encerramento
Pin It

Notícias por Ano