cabecalho apta130219

Secretário da Agricultura garante continuidade dos leilões de arroz pela Conab

Em audiência com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, o secretário João Carlos Machado garantiu a liberação de R$ 180 milhões para a realização de leilões nos próximos dois meses. O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, garantiu, nesta segunda-feira (9), em audiência com o secretário da Agricultura, João Carlos Machado, a continuidade dos leilões de opção pública de arroz realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). "O resultado do encontro foi extremamente positivo, porque conseguimos ter nosso pedido atendido pelo ministro", afirma Machado. Conforme o secretário, o ministro garantiu a realização de leilões em abril e maio e a liberação de R$ 180 milhões para a comercialização do produto. "Não faltará recursos para garantirmos preço e renda aos produtores de arroz", destaca Machado. Na reunião com Stephanes, em Brasília, o secretário teve a companhia do secretário da Agricultura de Santa Catarina, Antônio Ceron, do presidente da Farsul, Carlos Sperotto, do presidente da Federarroz, Valter Pötter, e do deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP). Machado ainda entregou, com o prefeito de Santo Ângelo, Eduardo Loureiro, convite para o ministro participar da abertura oficial da 13ª Fenamilho, no dia 4 de maio. Stephanes não confirmou presença neste dia, mas disse que pretende estar entre 28 de abril e 6 de maio, data de realização da 13ª Fenamilho. Nesta terça-feira (10), ocorre o 5º leilão de contratos de opção pública programado pela Conab, com a oferta de 90 mil toneladas de arroz para o Rio Grande do Sul. O preço de abertura foi fixado em R$ 25,50 para o produto com vencimento no final de setembro. A expectativa do setor arrozeiro é de ágio reduzido. Nos leilões de contratos de opção pública, o produtor compra o direito de vender ao governo federal, em uma data futura, o produto a um preço pré-determinado.
Pin It

Notícias por Ano