cabecalho apta130219

Seminário de Bioenergia abre comemorações dos 65 anos do IEA

O seminário “Política de Bioenergia”, com palestras dos professores Guilherme Dias e Ricardo Abramovay da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP), abre no dia 4 de julho às 14 horas o calendário de eventos de comemoração dos 65 anos do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Esse seminário, aberto ao público, será realizado no auditório do IEA, à Avenida Miguel Stéfano, 3900 – Água Funda – Cidade de São Paulo. As vagas são limitadas e as inscrições (gratuitas) poderão ser feitas pelo e-mail cct@iea.sp.gov.br. A programação prevê ainda seminários mensais, em agosto, setembro, outubro e novembro. Neste último mês, também ocorrerá um grande evento, no dia 7, com a presença de outros grandes nomes para discutir o agronegócio paulista e brasileiro. Histórico O IEA surgiu em 1942, com a criação da Comissão de Estudos de Economia Rural, a partir dos trabalhos com economia de Ruy Miller Paiva, que foi o primeiro especialista a aperfeiçoar-se nesta área nos Estados Unidos por volta de 1939/40. A Comissão era vinculada ao então Departamento da Produção Vegetal (DPV), ainda pertencente ao Instituto Agronômico (IAC). Em 1945, surgiu no DPV a Divisão de Economia Rural, que compreendia as Subdivisões de Economia Rural e de Fiscalização e Classificação de Produtos Agrícolas. Com a reforma do DPV (Lei 5.122, de 31/12/1958), a Subdivisão de Economia Rural foi transformada em Divisão de Economia Rural. Em 1968, a Divisão de Economia Rural passou a ser denominada Instituto de Economia Agrícola (Lei 49.796, de 11/06/68), subordinado diretamente ao secretário da Agricultura. No início da década de 1980, no Governo Franco Montoro, o IEA passou a integrar a nova Coordenadoria Sócio Econômica (CSE) e, em 1998, foi transferido para o Conselho Superior de Pesquisa Agropecuária (CSPA), criado com a reforma da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Decreto 43.037, de 15/04/98), em substituição à Coordenadoria da Pesquisa Agropecuária (CPA). A CPA foi transformada em Coordenadoria de Pesquisa dos Agronegócios (Decreto 44.226, de 02/09/1999) e em Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Decreto 44.885, de 10/05/2000), que posteriormente foi promovida a instituição de pesquisa (Lei Complementar 895, de 18/05/2001), abrigando os institutos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, inclusive o IEA. Em 31 de maio de 2004, o IEA obteve o certificado ISO 9001:2000 na primeira Auditoria do Sistema de Gestão da Qualidade.
Pin It

Notícias por Ano