cabecalho apta130219

Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001 do IB é recertificado

O Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001 do Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, foi recertificado pela certificadora australiana QMS. A auditoria externa foi realizada em 2 e 3 de outubro e seu resultado divulgado em 6 de novembro de 2017, durante a cerimônia em comemoração aos 90 anos do IB.
Foram recertificados os escopos: produção de imunobiológicos para diagnóstico de tuberculose e brucelose, gestão de documentos históricos, divulgação científica e cultural e entomologia, gestão de documentos bibliográficos, catalogação e gestão da curadoria da coleção científica “Oscar Monte”.
O resultado é fruto do trabalho iniciado há dez anos pelo Instituto Biológico, com a implantação do Programa de Qualidade Institucional. “Várias unidades participaram do Programa 5S, que é uma ferramenta da qualidade relacionada à organização do ambiente de trabalho. Após essa etapa, em 2008, o IB implementou o Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001, que é uma norma mais genérica, que tem a capacidade de prover consistentemente os produtos e os serviços do cliente e aos requisitos estatutários e regulamentares aplicáveis, facilita as oportunidades para elevar a satisfação do cliente, permite a interação dos processos e promove a interação de seus atores, afirma Nayte Vitiello, gerente da qualidade institucional do IB.
O sistema confere transparência a gestão, agrega a equipe na busca pela qualidade constante e crescente, diminui o retrabalho, permite a rastreabilidade dos serviços prestados e é um diferencial para os clientes internos e externos do Instituto.
Com a experiência adquirida na gestão do sistema da qualidade e a incorporação da cultura da qualidade dentro do Instituto, o IB implantou a norma internacional ISO/IEC 17025, com requisitos gerenciais e técnicos apropriados para os laboratórios. Atualmente, o IB tem mais de 100 ensaios acreditados pela Coordenadoria Geral de Acreditação (CGcre) nas áreas de sanidade animal, sanidade vegetal e ensaios químicos em alimentos e bebidas.
A norma ISO/IEC 17025 atende as exigências do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e é fundamental para comprovar os resultados dos diagnósticos realizados pelo IB. Muitos produtos de origem agropecuária não podem ser exportados ou importados sem antes passarem por testes de pragas e doenças em laboratórios acreditados.
“Esta recertificação mostra o compromisso do IB com a qualidade. O sistema da ISO 9001 garante mais transparência na gestão e permite a rastreabilidade dos serviços prestados, recomendações do governador Geraldo Alckmin”, afirma Arnaldo Jardim, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
Por Fernanda Domiciano
Assessoria de Imprensa – APTA
19 2137-8933

Pin It

Notícias por Ano