cabecalho apta130219

Soja "responsável" terá controle internacional

Representantes da cadeia produtiva da soja fecharam acordo, na última sexta-feira, para criar um organismo internacional que promoverá a produção "responsável" da soja pelos países exportadores. O órgão fará o monitoramento da produção global, com base em nove princípios, que buscam o aumento da rentabilidade da produção e a redução dos impactos ambientais e sociais. O objetivo é evitar mais prejuízos a habitats de alto valor ambiental, como Bioma Amazônico e Mata Atlântica. Os princípios estão relatados na Carta de Assunção, divulgada durante o II Fórum Global de Soja Responsável, encerrado dia 1º no Paraguai. Os novos critérios serão detalhados no prazo de 18 meses pela nova organização, que será uma pessoa jurídica da sociedade civil de caráter internacional. Terá como membros pessoas físicas e jurídica, que podem ser produtores, indústria transformadora, comércio, entidades financeiras e entidades que exerçam atividades ligadas à cadeia produtiva da soja. As regras para produção "responsável" incluem exigências feitas hoje pelo mercado europeu, como a proibição ao desmatamento de florestas e matas ciliares e a erradicação do trabalho escravo.
Pin It

Notícias por Ano