cabecalho apta130219

Sorgo pega carona no milho

Exportações do grão serão de 24,3 mil toneladas em 2007, o dobro do ano passado. O sorgo está literalmente pegando carona no milho. Assim como o outro cereal que serve de matéria-prima para ração, o sorgo registra em 2007 preços mais elevados e exportações em alta. As cotações do grão são 30% superiores ao mesmo período do ano passado e a estimativa é que as remessas do cereal dobrem. Com características nutricionais semelhantes as do milho, o sorgo no Brasil é cultivado principalmente na região Centro-Oeste, com cerca de 54,9% da produção nacional. Segundo o técnico de planejamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Marden Augusto da Silva Teixeirense, o preço do sorgo pago ao produtor em Goiás - o maior estado produtor do País - em janeiro era de R$ 14,62 a saca (60 kg), valor de 34,12% superior ao da média de R$ 10,90 registrada no ano passado. Em 2006, o preço do sorgo fechou o ano com aumento de 24,7%, saindo de R$ 10,90 a saca, em janeiro, para R$ 13,59 em dezembro. Enquanto isso, o valor do milho pago ao produtor goiano está na casa dos R$ 19,00 a saca (60 kg), 28,7% maior que a média de R$ 14,76 do ano passado, conforme Teixeirense. Dependendo da região, o preço do sorgo é equivalente a cerca de 80% do valor do milho.
Pin It

Notícias por Ano