cabecalho apta130219

Treinamento na Áustria para implementar boas práticas agrícolas em frutas e vegetais

Aprimorar a capacidade científica, analítica e laboratorial para a implementação das boas práticas agrícolas na produção de frutas e vegetais na América Latina. Este é o objetivo do Projeto Regional de Cooperação Técnica, financiado pela Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA), que envolve pesquisadores de sete países latino-americanos, entre eles a pesquisadora Deise Baggio Ribeiro, do Instituto Biológico (IB-APTA) vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Como parte das atividades desenvolvidas no âmbito do projeto, Deise Baggio participou, no período de 6 de novembro a 5 de dezembro de 2008, na cidade de Seibersdorf (Áustria), de treinamento em cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas (CG/MS), patrocinado pela IAEA, Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) e Agillent. Para melhorar a avaliação das boas práticas agrícolas, o projeto vai dar suporte aos laboratórios analíticos nas bacias do Alto Valle Del Rio Negro (Argentina), Vale do Ribeira (Brasil), Rio Apalta (Chile), Lago Tota (Colômbia), Rio Machuca-Jesús María (Costa Rica), Ariguanabo (Cuba), Guayas (Equador) e Salto (Uruguai). Segundo Deise Baggio, no caso brasileiro, o projeto “Monitoramento de agrotóxicos no solo, sedimento e água superficial para avaliar as boas práticas agrícolas na produção de bananas na região do Rio Ribeira do Iguape no Estado de São Paulo” visa estabelecer indicadores da efetividade das práticas agrícolas que promovam a segurança alimentar e ao mesmo tempo a qualidade e sustentabilidade ambiental. Contaminantes O GC/MS é um instrumento de análise muito sensível, usado para detectar quantidades muito pequenas de contaminantes em amostras ambientais ou alimentos e bebidas, diz Deise Baggio. “Este equipamento é constituído por duas partes: o GC que é a sigla para cromatógrafo a gás, responsável por separar composto de uma mistura, e o MS, que significa espectrômetro de massas, que é capaz de identificar e quantificar os compostos químicos separados do GC.” “O GC/MS é uma técnica confirmatória, ou seja, nos dá informações suficientes para descartar a necessidade de usar outro método para obter resultados confiáveis; por isso seu desempenho é superior ao das técnicas tradicionais de análise. Além disso, oferece excelente precisão, sensibilidade para muitos compostos, e agrega outras vantagens como maior informação por análise, maior especificidade e em menor tempo.” Segundo Deise Baggio, a técnica tem aplicações variadas. “No que diz respeito ao âmbito de atuação do Instituto Biológico, poderá ser usada no monitoramento da contaminação ambiental de áreas sobre tratamento e controle químico de doenças e pragas – exemplo: greening dos citros e sigatoka negra -, no controle de qualidade de bioinseticidas e de água para a produção de frangos, por exemplo. Também poderá ser utilizada no monitoramento de ações de controle do programa Risco Sanitário Zero.” Assessoria de Comunicação da APTA José Venâncio de Resende (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano