cabecalho apta130219

Utilização dos derivados de boi será tema de exposição na TecnoCarne 2007

Hábito do consumo de traquéia e lábio bovino no Oriente e a utilização de partes do boi como ingrediente da gelatina e fósforo são algumas das curiosidades Com a proposta de apresentar toda a tecnologia e o trabalho desenvolvido para que a carne bovina chegue ao consumidor nas condições ideais de segurança para consumo, a TecnoCarne 2007 - 8a. Feira Técnica Internacional de Produtos para a Indústria da Carne, realizará a exposição "Espaço Boi de Capim - uma viagem pela cadeia produtiva da carne bovina", que apresentará em quatro áreas distintas os produtos e subprodutos derivados do boi e as formas como são aproveitados. A feira será realizada entre os dias 21 e 23 de agosto, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. Em uma área de 300 metros quadrados, a exposição será dividida em quatro setores distintos com total de 32 painéis ilustrados e explicativos: o primeiro setor abordará a produção animal, tratando dos fatores envolvidos na produção da carne de qualidade, como nutrição do animal, genética e higiene. A segunda área, apresentará os subprodutos não comestíveis derivados do boi, como couro, sebo, pêlo, cauda, entre outros. Também nesta área haverá diagramas mostrando os derivados de boi como componentes da goma de mascar, gelatina e fósforo. A área seguinte tratará dos produtos comestíveis bovinos, abordando a carne em todos os desdobramentos, incluindo a carne industrializada, o charque, miúdos e curiosidades no consumo de algumas partes do boi, como traquéia, lábio e pênis que são exportados para países do Oriente. A última área da exposição abordará embalagem e logística, referindo-se a todo o cuidado que se tem hoje no processo de embalagem e transporte da carne. Também serão apresentados diagramas mostrando os principais destinos da carne brasileira. Para a visualização dos locais dos cortes das carnes, a Marfrig colocará carcaça de bovino, com cerca de 200 kg, em exposição numa geladeira. Cada setor terá grupo de monitores para esclarecer as dúvidas dos visitantes. O projeto "Espaço Boi de Capim" é fruto de parceria da ABIEC (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes), Nelore (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil) e ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu).
Pin It

Notícias por Ano