cabecalho apta130219

Venda de milho e soja está mais adiantada este ano

Além de colher mais cedo e vender mais rápido, o produtor brasileiro está ganhando em produtividade e em preço neste ano. Os grãos foram vendidos a valores de 30% a 40% superiores ao mesmo período do ano passado e a colheita por hectare está até 6% maior, na média dos dois produtos. "Este ano é o sonho de todo produtor. Quem sai primeiro na colheita consegue preços bons", explica Fábio Turquino Barros, analista da AgraFNP. Ele lembra, porém, que parte da comercialização foi feita antecipadamente. A colheita e a venda mais adiantadas é a da soja, com uma média de 47% e 48%, respectivamente, segundo as principais consultorias do setor. Os valores são 12,5% e 15,5% superiores aos mesmo período de 2006. Maria Amélia Tirloni, analista da AgRural, diz que o clima fez com que o cultivo se adiantasse e muitos produtores também cultivaram soja precoce, favorecendo a colheita antecipada. A consultoria informou que o movimento maior ocorreu em Mato Grosso, onde estima-se que 86% dos grãos já foram colhidos. De acordo com a AgRural, no Médio Norte de Mato Grosso, a colheita da soja já está praticamente concluída e, por isso, o ritmo não foi prejudicado pelas chuvas recentes. "As precipitações, aliás, foram muito bem-vindas na região, já que levaram alívio às lavouras recém-plantadas de milho safrinha", diz Maria Amélia. "Os volumes também são superiores à média dos últimos cinco anos", acrescenta Flávio França Júnior, analista da Safras & Mercado. O último levantamento da consultoria mostra uma colheita de soja de 46% contra 32% em 2006 e 27% na média de cinco anos. De acordo com o consultor, as chuvas anteciparam-se e, com isso, o plantio foi mais cedo. "Houve também uma tentativa dos produtores de usar mais de semente precoce para fugir ferrugem e viabilizar o plantio do milho", acrescenta França Júnior. A comercialização da safra de soja também está mais adiantada em relação ao ano passado, com preços superiores. As cotações são, em média, 30% superiores às do mesmo período de 2006. Atualmente, a soja é vendida a R$ 31 a saca em Paranaguá (PR) e R$ 26,50 a saca em Rondonópolis (MT). O último levantamento da consultoria indica que o produtor está colhendo mais por hectare. A produtividade média esperada era de 2.675 quilos por hectare. Agora, a Safras & Mercado prevê 2.763 quilos por hectare na média brasileira. "Não está descartada a possibilidade de ser ainda melhor", avalia França Júnior. Para o milho também há adiantamento na colheita e nas vendas. De acordo com a AgraFNP, 37% da área de milho já foi colhida ante aos 27% no mesmo período do ano passado. A previsão da consultoria é que 22% da produção tenha sido vendida. Os preços do cereal estão acima dos praticados no mesmo período de 2006. No Paraná, a saca está cotada a R$ 21 - 55% superior -, enquanto em Mato Grosso está em R$ 15 - elevação de 42% .(fonte: Gazeta Mercantil)
Pin It

Notícias por Ano