cabecalho apta130219

Dia Nacional da Alimentação Escolar: Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP destaca ações para promover saúde de crianças e adolescentes

Os hábitos alimentares adquiridos na infância e adolescência tendem a se manter na vida adulta, por isso ações e intervenções educativas nessa fase da vida, voltadas à promoção da saúde, tanto física, como emocional e social, têm demonstrado resultados positivos. No Dia Nacional da Alimentação Escolar, comemorado hoje, 21, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo reforça a importância de uma alimentação equilibrada.

Por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), a Pasta disponibiliza a publicação online e gratuita “Alimentação Escolar: Promovendo a Saúde do Futuro”.

O livro tem como objetivo destacar o papel da alimentação escolar na promoção da saúde de crianças e adolescentes e as principais atividades realizadas pela equipe multidisciplinar envolvida, como os professores, coordenadores, diretores, merendeiras, manipuladores de alimentos e nutricionistas, com o foco em estimular e apoiar ações de educação alimentar e nutricional baseadas no consumo de hortifrutis.

Na publicação, estão reunidos os trabalhos que a Secretaria desenvolve para auxiliar os responsáveis pela execução do Programa de Alimentação Escolar (PNAE) na escolha e compra de produtos da agricultura familiar. Há informações sobre a maior disponibilidade dos alimentos ao longo do ano, exemplo de cardápio testado pela equipe de nutricionistas do Centro de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CESANS), além de dicas de apresentação da merenda, para tornar os alimentos ainda mais atrativos às crianças e adolescentes nas escolas.

Outra frente de atuação da Secretaria é por meio das atividades do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL-APTA), que há cerca de 20 anos tem realizado evento de atualização em legislações federal, estadual e municipal com transferência de conhecimento sobre diretrizes, aspectos da alimentação a grupos populacionais específicos, cardápios e cases de projetos desenvolvidos por prefeituras.

Além disso, o Instituto fez uma série de análises de produtos e de embalagens para merenda escolar através de contrato com o Tribunal de Contas do Município de São Paulo para comprovação do atendimento de requisitos dos editais, o que é fundamental em caso de suspeita de irregularidade.

Pin It

Notícias por Ano